O amor é dotado de perigosidade
e nunca tem piedade da idade
ele vem e muda toda uma realidade
escurecendo-lhe a falsidade,

O amor é rápido
e ele não desperta o distraído
a ele chamam cego
por deixar sem sossego

O amor não sabe peripatetizar 
ele lhe faz se encontrar
todos o podem amar
desde que o real seja lhe aceitar

O amor é único 
mesmo sendo mal falado
não deixa de ser procurado
Cláudia Cassoma, ou Laudy como prefere ser chamada é uma Jovem Angolana apaixonada pela arte de escrever, expressando em sua poesia suas mais intimas ideias e inquietações sobre a realidade que a rodeia. Seu primeiro encontro com a arte de escrever debuta desde os seus 9 anos e foi amadurecendo com ela até "Amores que nunca vivi".