Cláudia CassomaComment

Elegia em um Soneto

Cláudia CassomaComment

a morte chegou

em ângulo de uma volta abraçou-te

de maneira impiedosa ao pretérito levou-te

ó tempo bom

 

sem indicação de despedida 

menosprezo desmedido 

enturvando meu soneto 

elegia ao meu agora

 

a morte chegou

e antes que acordasse 

te arrebatou

 

ó tempo bom 

foste tão cheio de sonhos 

estorvando o advento dos seus factos

Cláudia Cassoma, ou Laudy como prefere ser chamada é uma Jovem Angolana apaixonada pela arte de escrever, expressando em sua poesia suas mais intimas ideias e inquietações sobre a realidade que a rodeia. Seu primeiro encontro com a arte de escrever debuta desde os seus 9 anos e foi amadurecendo com ela até "Amores que nunca vivi".