Um jantar perfeito

                Acho que sempre quis preparar este jantar, sempre quis demonstrar meu estado físico-emocional e sempre desejei que fosse perfeito. Então o preparei.

Comecei por decorar a sala com as velas mais negras e lindas que encontrei, tais preencheram o local com seus aromas. Não me dei ao trabalho de cozinhar, pois as unhas tinham acabado de ser tratadas, um vinhozinho era suficiente.

Tranquei do quarto a porta, pois não tencionava usá-lo. Me sentei naquele sofá que muito reservava sobre nós, ouvindo o sussurrar das paredes que nos filmaram os momentos. Me pus a espera de ti, ansiosa, feliz, pronta para me por a palavrear e deste sentimento me livrar.

               Minutos depois lá estavas tu, lindo, charmoso, romântico, perfeito e passado.

Expulsei meu querer, te dando a conhecer o fim do que tanto chamei "amor". Talvez não  fui convincente, mas não precisei também, pois quando o amor é verdadeiro, do outro a felicidade se faz nossa. 

               Foi "

um jantar perfeito

" o fim do relacionamento e o início do meu "momento".