Caminhos

Caminho é um espaço a percorrer, uma instalação a proceder.  Traçamos nós os nossos caminhos, os alheios não são de nosso conhecimento.

Podemos acreditar que sobre nós há um futuro, e tal depende do hoje influenciado pelo ontem; podemos acreditar no suposto julgamento em que estamos submetidos pelo respirar de cada dia, pelo falar, pelo andar, pelo comer e pelo que nos dá-mos a ser; podemos acreditar também que um dia não é insuficiente,  que mesmo chorando mas vale o orgulho que a humildade; podemos acreditar que sozinhos conseguiremos ou até que a vida é singular.  

Mas a verdade é que em nada há um amanhã senão em nós, o acordar  do nosso sonho significa o nascer do hoje e o morrer do amanhã, e assim sempre será. Os planos ficarão por lá enquanto no aqui, no agora, no já, a vida queima mais 24 horas.

Cada dia é um só, único e último. Não há um igual ao outro, cada raiar do sol significa uma oportunidade; 

oportunidade para abrir as janelas e sorrir, dando a espalhar ao mundo a felicidade,

oportunidade para  abrir a porta e deixar entrar o próximo, sem preconceito nem outro negro sentimento.

"a vida é uma peça de teatro que não permite ensaios" muito bem disse Charles Chaplin...

Por tal,  a razão para cada dia considerar e bem aproveitar. Crer que cada minuto é um milagre, e tal de Deus misericórdia. 

Caminhos são esburacados, poluídos, limpos, vezes também asfaltados...Caminhos não são perfeitos, mas com certeza são o túnel da vida. Uma história a ser contada, não por nós mas pela vida em si.