Há tempos que não escrevo um poema

da minha inspiração

há tempos que não sai uma canção

meu pobre coração

já não escreve amor, nem solidão;

"Há tempos que não escrevo um poema"

Já não me sento na varanda

nem em mim tal vento sopra

nem poema nem poesia

não mais minha magia

"Há tempos que não escrevo um poema"

um que me fosse pertencido

algo que talvez tenha acontecido

nem curto, nem longo

nada além do vazio

"Há tempos que não escrevo um poema"

ando sem idioma

vivo na ausência da vida

pela falta do poema

que de mim jamais é escrito.