Estou namorando

Corro na calçada feito criança

vejo em tudo alguma graça

canto, ainda que o vidro se rache

pulo, e não deixo que nada me baixe

Conjugo o verbo "

nós

" em todos os tempos

me deixo lavar com o vento

me lanço ao futuro sem medo

me grudo num sonhar realizado

Estou a namorar

estou a abraçar

estou a beijar

estou a amar

Nesta hora sou pássaro

guardado num belo cântaro

inundando o mundo neste canto

que anuncia meu momento

Jorro felicidade pelo corpo

vivo num tempo parado

recebi da vida meu namorado

e lhe estou namorando.