Talvez morra antes de você

Se tal acontecer, chore. Mas se não conseguir não faz mal, apenas se cale, nada fale, não pergunte a Deus, nem procure nenhum porquê...me deixe

Se algo ouvirdes aos arredores, crendo ou não, aumente seu ponto ao contardes,

Se for ofendida, ofereça-me sua defesa

Se for exageradamente elogiada, desminta tal conto

Não me façam aqueles longos e falsos discursos, não me ponham roupas caras e desnecessárias, não dêem uma festa, onde comem falsos e tolos, não comprem tão cara caixa, não vale a pena.

Talvez morra mesmo antes de você... Se tal acontecer esqueça nossa história de amor, dobra em uma mala nossos lençóis, pinte de novo a casa, varra para fora meus pertences, roupas, calçados, batom, bolsas, fotos, recordações, alma, cheiro, momentos, joga pra fora qualquer lembrança...Se tal acontecer deixa-me ir... Que me parece oportuno!