Louco momento

...chegamos então tão apreçados, com o coração pulando aos saltos, impacientes, longe de nossas mentes, com um desejo incontrolável , insaturável, insegurável, louco. No momento nada mais faz sentido, nada mais se tem em foco, senão a inquieta vontade de terminar o que naquele carro se começara.

Mas ainda tem a porta pra abrir, as escadas pra subir, Ah! não sei...

O sangue parece estar a percorrer numa velocidade que afoga-nos os órgãos, deixando nosso corpo fraco. Então, e as chaves que não aparecem [risos] , por mim começava aqui! Logo que vimos a porta que nos separa do desejo aberta, corremos feito loucos ao nosso ninho de amor, onde tudo deixamos acontecer, fizemos tudo que nos apeteceu...sem esquecer os beijos suculentos, os toques atrevidos, daqueles que nos livra do tabu, teve também os olhares tímidos, mas nada foi melhor que aquele momento em que o quarto se partiu em dois ao ouvir meus gritos de prazer, o telhado caiu-nos em cima ao ver nossos membros representarem aquela louca cena de teatro, já não éramos nós, mas sim dois loucos apaixonados que tomaram conta dos nossos corpos e (...) e nos fizeram realizar momentos como os que pudeste imaginar aí dentre de parênteses ...

uuu.jpg