Realidade social


Como a sociedade pode ser tão desigual
como ela pode viver sobre tanto mal
cruzar os braços perante tantos choros
tapar com doces todos esses furos
mesmo sabendo que chamará por mais formigas
acreditar que estes episódios não são duros
é uma forma de viver às cegas
de cuspir ao céu os problemas.
E u não entendo tanto abandono
sociedade sem rumo, sem dono
prostituta, enganadora, perdida
sociedade desorganizada também
vem quem quiser, faz o que bem entender
como se isso fosse um bordel
onde se encontram povos em aluguer.
Como pode uma sociedade ser tão nua
perante a tanta malícia ser tão crua
nem com as crianças deixa ser tão dura
vende-se pelos becos mais escuros
por acaso até tem os clientes mais ricos
mas por ser tão ignorante para nada serve
sociedade descontrolada
Crianças contentam-se em faltar a escola
para apanhar uma pica
pois chegou a conclusão
que aqui nunca existirá mudança
talvez tenha razão
quando a sua visão
é ofuscada pela acção destes jovens
que as chamam para o mesmo caminho
onde a delinquência é a principal
para se achar o verdadeiro capital
até as senhoras são assassinas
começam nos maridos e terminam nos fetos
coitados, nunca almejaram esses acontecimentos.
Sociedade cega por que quer
tem solução mas não quer ver
uma vez quem a pode aplicar
está bem , não vê motivo
tem dinheiro, tem fama
então os outro calam-se para evitar o por
até eu calaria minha boca
no meio disso tudo o que pode ser pior
quão mais dolorosa pode ser a dor
não julgo quem se cala
mais apoio quem fala
ainda que com o vento
desde que acredite no futuro
com certeza está comigo.